CGI.br divulga os resultados da pesquisa TIC Empresas 2008


28 ABR 2009



Estudo aponta processo de terceirização no setor de Tecnologia da Informação do Brasil

O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) anuncia os resultados da 4ª Pesquisa Sobre Uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação no Brasil — TIC Empresas 2008. Conduzido pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br), o levantamento analisou 3,5 mil empresas com 10 ou mais funcionários em todo o território nacional. A pesquisa traz informações sobre a penetração e uso da Internet no país, incluindo dados gerais sobre os sistemas TIC, governo eletrônico, segurança na rede, comércio eletrônico e habilidades no uso das TICs.

Acesso às TICs
De acordo com o estudo, 94% das empresas brasileiras utilizam computadores, valor equivalente ao registrado em 2007. O indicador mostra que a adoção dessa tecnologia está diretamente ligada ao porte da companhia, chegando a 100% nas que possuem 50 funcionários ou mais.

Considerando as regiões do país, as companhias da região sul são as que apresentam maior proporção do uso do computador (97%).

O acesso remoto à rede da empresa também cresceu e já é realidade em 21% das organizações – um aumento de 6% nos últimos três anos..Com relação aos setores da economia, o segmento imobiliário se destaca: 35% das companhias desse setor possibilitam aos seus funcionários trabalharem remotamente.

Segundo o relatório, o uso de redes locais (LAN) com fio cresceu 6 pontos percentuais nos últimos três anos e está presente em 83% das empresas. Entretanto, a adoção das redes sem fio aumentou 7% em 2008, atingindo 35% desse público, o que sugere um processo de substituição das tecnologias.

Uso da Internet
A pesquisa mostra que o número de companhias que possuem computadores com acesso à Internet manteve-se estável em relação a 2007 e está presente em 97% delas. Nesse contexto a região Centro-Oeste destaca-se: 100% das entrevistadas têm acesso a essa tecnologia. Em segundo lugar, com 98% das menções, aparece a região Sul.

Assim como nos anos anteriores, o acesso à Internet via cabo cresceu e encontra-se presente em 22% das companhias — um aumento de 8% em relação a 2006. Em contraposição, o acesso discado caiu para 5%, uma redução de 9 pontos percentuais nos últimos três anos.

Em relação às atividades realizadas na Internet, a pesquisa revela que a totalidade, 99%, das corporações utilizam esse meio para enviar e receber e-mails, em seguida, com 94%, aparece a realização de busca de informações sobre produtos e serviços. “Interessante observar que 69% das organizações entrevistadas usam a web para monitorar o mercado, um aumento de 3 pontos percentuais em relação a 2006”, explica Cappi.

Subiu para 53% o número de corporações que possuem website – valor 7 pontos percentuais maior em relação ao último período. De acordo com o estudo, esse indicador varia de acordo com o porte das empresas. Constata-se que nas corporações de médio porte, o crescimento é mais expressivo – 13 pontos percentuais em um ano.

Interação com instituições governamentais
Segundo o relatório, 89% das empresas brasileiras com acesso à Internet usaram a rede para acessar serviços públicos eletrônicos. Entre os serviços mais utilizados está a consulta do FGTS, com 60%; a pesquisa dos cadastros de inscrições estaduais, com 58% e a realização de pagamento online de impostos, com 57% das menções.

Habilidades
A proporção de empresas que ofereceram treinamentos aos seus funcionários para o desenvolvimento de habilidades em TIC subiu de 26%, em 2006, para 34%, em 2008.

A tendência de crescimento observada na contratação de fornecedores externos para desempenhar funções de TI ocorre em empresas de todos os portes. No total, o número que era de 39%, em 2006, passou para 45%, em 2007, e em 2008 chega a 47%. O indicador reflete a possibilidade de haver um processo de terceirização do setor de tecnologia da informação no Brasil nas empresas.

O conteúdo completo da pesquisa está disponível no endereço http://www.cetic.br/.

Sobre o CETIC.br
O Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br) é responsável pela produção de indicadores e estatísticas sobre a disponibilidade e uso da Internet no Brasil, divulgando análises e informações periódicas sobre o desenvolvimento da rede no país. Mais informações em http://www.cetic.br/.

Sobre o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR – NIC.br
O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — NIC.br (http://www.nic.br/) é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil. São atividades permanentes do NIC.br coordenar o registro de nomes de domínio — Registro.br (http://www.registro.br/), estudar, responder e tratar incidentes de segurança no Brasil - CERT.br (http://www.cert.br/), estudar e pesquisar tecnologias de redes e operações — CEPTRO.br (http://www.ceptro.br/), produzir indicadores sobre as tecnologias da informação e da comunicação — CETIC.br (http://www.cetic.br/) e abrigar o escritório do W3C no Brasil (http://www.w3c.br/).

Sobre o Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br
O Comitê Gestor da Internet no Brasil coordena e integra todas as iniciativas de serviços Internet no país, promovendo a qualidade técnica, a inovação e a disseminação dos serviços ofertados. Mais informações em http://www.cgi.br/.

Para mais informações, acesse: www.s2.com.br ou http://www.cgi.br/

Contatos para imprensa: S2 Comunicação Integrada - http://www.s2.com.br
Renata Albuquerque – renata@s2.com.br
Annia Vuolo – annia@s2.com.br
Karla Bertoni – kbertoni@s2.com.br
Veronica Cassavia – veronicac@s2.com.br